quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Operários morrem ao cair de andaime no 15º andar de prédio na Zona Oeste de SP

Três pessoas despencaram de um andaime no 15º andar de um prédio na Zona Oeste de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (4), segundo o Corpo de Bombeiros.
Dois deles morreram na queda, devido a politraumatismo e múltiplas fraturas. Um dos agentes sobreviveu, ao ficar preso dependurado durante a queda.
Ao menos cinco equipes dos bombeiros foram ao local, localizada na rua Gerivativa, próximo à Marginal Pinheiros e à Ponte Eusébio Matoso, na Zona Oeste de São Paulo.
O prédio de onde as vítimas caíram estava sendo demolido. Informações preliminares indicam que entre os mortos estariam um operário contratado para o serviço de demolição.
Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo (Sintracon-SP), entre as vítimas está Felestino Dobarro, de 76 anos, dono da demolidora que estava na obra e que estaria sem equipamentos. O outro operário que morreu é Uilton Manoel dos Santos, de 37 anos, e que estaria usando mosquetão amarrado no cinto da calça, o que é proibido, conforme o sindicato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário